O BanriTech é uma inciativa que visa impulsionar o ecossistema de inovação do Rio Grande do Sul. É mais um movimento que aproxima o Banrisul da sua comunidade, cumprindo com o compromisso fiel de participar ativamente no desenvolvimento social e econômico do Estado.

Benefícios do programa:

Informações e documentos úteis:

Saiba mais sobre o BanriTech:

Oferecer um programa de aceleração gratuito e aberto para startups, como forma de apoiar o empreendedorismo inovador, promovendo o desenvolvimento do ecossistema de inovação do Rio Grande do Sul.

O programa está direcionado a empresas estabelecidas, com registro CNPJ de diferentes localidades nacionais, que tenham propostas inovadoras em produtos ou serviços, com potencial de escala.

Agronegócios: soluções financeiras que abordem modelagem de risco, oferta de crédito, seguro rural e canais de distribuição de produtos financeiros para o agronegócio.

Serviços Financeiros: Soluções que possam aprimorar o processo de abertura e validação cadastral, o processo de modelagem de risco para concessão de crédito e de análise de crédito, de precificação e de tomada de decisão; ferramentas que contemplem a oferta e concessão de crédito, incluindo oferta direta, antecipação, consórcios, marketplaces, plataformas P2P; viabilizem a comunicação de forma moderna e eficaz, de modo que entendam o comportamento do cliente e permitam a oferta de produtos/serviços adequados ao seu perfil, contemplando inclusive os cuidados necessários aos clientes com algum fator de vulnerabilidade.

Relacionamento com Clientes e Empresas: Prover uma boa experiência deve ser premissa em todo relacionamento com cliente, buscando sua fidelização. Assim, buscamos soluções que apresentem melhoria nos canais de relacionamento com clientes, gestão do atendimento, gestão financeira, programas de benefícios, possibilitando maior agilidade e simplicidade, além de aprimorar a experiência do usuário. Soluções voltadas ao atendimento diverso, incluindo o público vulnerável.

Eficiência Operacional: soluções aderentes aos processos e operações internas do Banrisul, possibilitando ampliar a proporção entre as entradas obtidas com os negócios e as saídas para conduzir as operações, dessa forma, melhorando a eficiência operacional. A eficiência operacional define o sucesso do banco em atrair novos clientes, a fidelização dos mesmos, diferenciação de mercado, inovação, qualidade e agilidade de entrega de produtos e serviços, além da mitigação de riscos e fraudes.

Segurança da Informação: Considerado como essência operacional e fortaleza na sustentação do relacionamento e da confiança do cliente, a segurança da informação é parte do Banrisul em seus processos e salvaguarda de dados. Nessas características, buscamos soluções que possam ampliar o portfólio de ferramentas que o Banco já disponibiliza, otimizando a prestação de nossos serviços com vanguarda e eficiência.

Governos: Temos o compromisso de participar ativamente no desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Sul, assim, buscamos soluções que tornem mais dinâmica a gestão operacional e a relação financeira do Estado e Prefeituras com o Banrisul. Desta forma, procuramos soluções em áreas como: (i) gestão e/ou automatização de processos operacionais referentes ao acompanhamento e controle de empréstimos consignados de servidores dos órgãos públicos; (ii) Soluções para prova de vida; e (iii) soluções para gestão e arrecadação com PIX.

  1. As startups devem ter faturamento inferior a R$ 4.800.000,00 (quatro milhões e oitocentos mil reais) no último ano contábil.
  2. As startups devem ter, no mínimo, dois integrantes.
  3. Cada empresa deve ser inscrita em plataforma de inscriçõesdefinida no edital por apenas um dos sócios. É vedado que dois sócios inscrevam o mesmo negócio em separado.
  4. É vedada a participação de pessoas físicas (sócios) menores de idade ou incapazes.
  5. É vedada a participação de empresas que tenham algum integrante algum empregado do Banrisul e/ou cônjuge, companheiro ou parente em linha reta de empregados do Banrisul, conforme declaração assinada no ato da inscrição.

Serão selecionadas até 30 startups para o ciclo de aceleração.

  1. As startups serão avaliadas por um comitê técnico composto por profissionais das instituições envolvidas no programa.
  2. Os projetos que estiverem plenamente alinhados ao programa serão submetidos a uma etapa de Pitch, na qual serão avaliados os seguintes critérios:
    • Empreendedor: Desenvolvimento do perfil empreendedor: fortalecimento de soft skills, gestão da rede de relacionamento, participação em cursos e eventos.
    • Tecnologia: Desenvolvimento de uma solução para atender às necessidades do cliente através do uso de tecnologias inovadoras.
    • Gestão: Estratégias para instalação e crescimento do negócio, considerando aspectos como modelo de negócio, constituição de equipe e marketing.
    • Mercado: Compreensão de mercado para o desenvolvimento comercial do negócio.
    • Capital: Principais necessidades, demandas e estratégias para alavancagem de capital.
    • Impacto: Inserção da temática de impacto no modelo de negócio, de forma mensurável e alinhada à governança e à estratégia.
  3. O Pitch deverá ser gravado e publicado na plataforma YouTube como um vídeo não listado e será avaliado por uma banca específica, composta por membros do Banrisul e do Tecnopuc.
  4. O tempo para apresentação do projeto em um vídeo Pitch será de até 3 minutos. O Pitch deve abordar a oportunidade, a composição da equipe, o mercado que irá atuar, a solução e seus diferenciais.
  5. Os projetos com melhor pontuação serão selecionados para participar do programa de aceleração, limitado a 30 projetos.

O Ciclo de Aceleração terá duração de 8 (oito) meses.
Partindo da premissa de que os empreendedores são os protagonistas do desenvolvimento do negócio, as atividades do programa de aceleração estarão voltadas à potencialização das competências dos empreendedores, e ao acompanhamento de indicadores com a finalidade de oferecer o suporte necessário para que as startups em aceleração ampliem sua atuação no mercado. O detalhamento das iniciativas previstas para o ciclo de aceleração está estabelecido no item 3.2 (Ciclo de Aceleração) do Regulamento.

A primeira etapa do processo de aceleração é a aplicação de um diagnóstico para avaliar o nível de maturidade da startup, a fim de traçar um plano individualizado para a sua aceleração, baseado nas necessidades de desenvolvimento.
Após o diagnóstico inicial, cada startup receberá um plano de desenvolvimento baseado em fraquezas identificadas e principais indicadores que deverão ser monitorados durante o período de aceleração.
As reuniões de acompanhamento ocorrerão de maneira virtual ou presencial, com frequência quinzenal. Nessas reuniões serão avaliados o plano de trabalho, os indicadores de desenvolvimento e as principais tarefas realizadas no período anterior, assim como serão traçadas novas metas até o próximo encontro. O objetivo é que os empreendedores possam validar suas ideias, soluções e modelos de negócio, interagindo intensivamente com o mercado e preparando-se para crescer e escalar.

O programa de aceleração será desenvolvido de forma remota, não excluindo a participação em atividades presenciais quando do fim do distanciamento social, em razão da pandemia.

As startups contarão com uma qualificada rede de mentores composta por especialistas e executivos do Banrisul e do Tecnopuc, sendo até 8 (oito) horas de mentorias e até 8 (oito) horas de consultorias técnicas especializadas – conforme diagnóstico de necessidade de cada startup. As mentorias serão focadas em aconselhamento nos aspectos técnicos e mercadológicos, incluindo, no que couber, modelos de receita e precificação, estratégias de vendas, marketing, finanças, desenvolvimento de software, aspectos legais e jurídicos, user experience (UX) e outros que forem pertinentes.

 

As startups receberão capacitação e treinamento com o objetivo de acelerar o desenvolvimento do projeto e atender às demandas de mercado. Também serão promovidos eventos, palestras e workshops, agregando diferentes atores da comunidade empreendedora para discutir assuntos diversos e novas tecnologias.

Serão realizados eventos com o objetivo de potencializar conexões com o ecossistema de inovação, clientes empresariais do Banrisul e outros atores, tendo como objetivo promover parcerias e fomentar a geração de negócios e networking.

Sim, quando o cenário da pandemia estiver sob controle e não existir recomendação de isolamento social, o programa ocorrerá presencialmente no Hub de Inovação do Banrisul.

Além disso, informamos que as startups participantes também terão a possibilidade de acessar o espaço do TECNOPUC.

  1. Hub de Inovação do Banrisul: Acesso a um ambiente especialmente projetado para criar condições favoráveis à inovação. Além de uma localização privilegiada, no centro histórico de Porto Alegre, o Banritech disponibilizará às startups um amplo espaço de coworking, recursos de escritório, salas de reunião e espaços de convivência.
  2. Ecossistema do Tecnopuc: Acesso a salas de reuniões e auditórios de uso compartilhado do Tecnopuc e dos laboratórios FreeZone, FabLab e UsaLab, para desempenho de atividades relacionadas diretamente ao programa de aceleração, mediante agendamento prévio, atendendo às políticas institucionais de uso dos espaços, além da infraestrutura do campus da PUCRS. Possibilidade de conexão com empresas do Tecnopuc e participação em eventos do ecossistema, além de desfrutar dos acordos de softlanding que o Tecnopuc possui tanto a nível nacional (Porto Digital, Parque Tecnológico UFRJ) quanto internacional (China, Espanha, EUA, Rússia, entre outros).

 

A participação no programa de aceleração é gratuita a todos os participantes. Como contrapartida, as startups se comprometem a participar das atividades propostas no programa de aceleração, conforme a assiduidade definida no item 2.III deste Regulamento. Além disso, os eventos cuja presença seja classificada como “Mandatória” no e-mail de convite, devem necessariamente ter a presença de um ou mais integrantes da startup convidada.

Quaisquer custos que o empreendedor tenha com assessorias para desenvolvimento de negócios e tecnologias serão de sua responsabilidade, bem como despesas com deslocamento, hospedagem e alimentação caso ocorram atividades presenciais na sede do Banritech em Porto Alegre/RS.

Quaisquer outras despesas que os participantes tenham durante o programa não serão ressarcidas pelo programa ou quaisquer de seus organizadores.

O Banrisul poderá, a seu exclusivo critério, penalizar e/ou eliminar qualquer projeto submetido, conforme item 6 (PENALIDADES) do Regulamento.
 

A startup poderá, a qualquer tempo, solicitar a sua saída do programa. Neste caso, a startup deve formalizar a comunicação de saída por e-mail (banritech@banrisul.com.br) e garantir que a informação tenha sido recebida pelos organizadores. Havendo a saída de uma startup do programa, os organizadores se eximem da responsabilidade de preencher a vaga com outra startup.

Os empreendedores participantes do programa concordam em ceder o uso de sua imagem para o Banrisul e para o Tecnopuc. As imagens poderão ser vinculadas e divulgadas nas mídias impressa, televisionada, vídeo, virtual e telefônica. Ao concordar em participar do programa de aceleração, os organizadores do edital poderão utilizar em seus materiais: nome da empresa, logomarca, nome dos empreendedores, descrição da empresa, vídeos e fotos, bem como vídeos que contenham imagens da equipe, a apresentação da empresa, endereço de website, Facebook, Youtube, Linkedin e Twitter e outras redes sociais utilizadas, depoimentos e qualquer material de mídia produzido durante o programa de aceleração, ou fornecido pelos participantes.

Todas as startups que se apresentarão no Banritech Pitch Day poderão ter seu pitch filmado. Desde já as startups concordam em permitir a disponibilização deste material nas redes sociais e armazenamento interno do Banrisul e do Tecnopuc.

Os organizadores não deterão nem possuirão qualquer propriedade sobre as informações fornecidas ou propriedade intelectual contida nos projetos. É de exclusiva responsabilidade da startup participante qualquer tipo de proteção relacionada a patentes, propriedade intelectual e de marca do projeto inscrito no programa de aceleração.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo website www.banrisul.com.br/banritech, no período de 03 de fevereiro de 2021 até as 23h59min (GMT-3) do dia 20 de março de 2021.

Durante o período de inscrições, serão realizados eventos online (lives) com o propósito de apresentar o programa e esclarecer eventuais dúvidas. Sugere-se a participação dos interessados em algum desses eventos para o melhor enquadramento e qualificação das propostas de acordo com os objetivos do programa. Os eventos acontecerão em plataforma, datas e horários serão divulgados previamente no website www.banrisul.com.br/banritech.

  • Identificação dos empreendedores: Nome completo, cópia de documento de identificação e informações de contato (e-mail e telefone);
  • Identificação da startup: Nome da Startup, comprovante de inscrição e de situação cadastral no CNPJ, endereço, cidade/UF sede e website (se houver), logo, pitch, descrição do negócio, setor de atuação e faturamento acumulado nos últimos 12 meses.

No formulário de inscrição também haverá outros questionamentos sobre as características e o estágio do negócio. No ato da inscrição, o participante deverá, obrigatoriamente, declarar que está ciente e de acordo com as regras estabelecidas neste Edital e no Regulamento do programa.

O empreendedor será notificado sobre a situação de sua inscrição em até 72 horas por meio da plataforma de inscrição. O comitê técnico poderá, a seu exclusivo critério, solicitar documentação e informações adicionais ao longo do processo de inscrição e seleção.
Assim como o processo de inscrição, o processo de seleção será realizado inteiramente de forma online, e será dividido em duas etapas: Análise de Propostas (quanto ao atendimento das condições de participação) e Pitch do Projeto.
 

As 10 startups com melhor avaliação apresentarão seus negócios para uma banca formada por membros da equipe do Tecnopuc, Banrisul e atores do ecossistema de inovação como potenciais investidores, gestores de fundos de venture capital e clientes do Banrisul.
As 3 (três) startups de destaque do programa receberão subsídio para participação em evento nacional (CASE/SP, para 2° e 3° lugar) e internacional (Web Summit Portugal, para 1° lugar), sendo o subsídio para 1 (um) empreendedor por startup. O empreendedor terá o prazo de 1 (um) ano a partir do fim do programa para usufruir da premiação. Se constatada a incapacidade de se usufruir da premiação por motivos externos, como pandemia, por exemplo, os organizadores estarão autorizados a definir uma nova premiação que, a seu exclusivo critério, julgar equivalente.
 

Esclarecimentos a respeito do Programa poderão ser obtidos pelo e-mail banritech@banrisul.com.br.

O programa seguirá o cronograma abaixo:

EVENTO DATA
Divulgação do Edital 03/02/2021
Período de inscrições 03/02/2021 a 20/03/2021
Análise das propostas 21/03/2021 a 22/03/2021
Bancas de avaliação 23/03/2021 a 28/03/2021
Divulgação das startups selecionadas 29/03/2021
Recursos e contrarrazões 30/03/2021 a 06/04/2021
Confirmação das startups participantes 11/04/2021
Ciclo de aceleração 12/04/2021 a 25/11/2021
Banritech Pitch Day 26/11/2021

O Tecnopuc (Parque Científico e Tecnológico da PUCRS) realizará a ssessoria técnica do programa de aceleração das startups.